Saltar para: Post [1], Comentários [2], Pesquisa e Arquivos [3]

Um Pouco de Nada

O que penso. O que vejo. O que me faz sorrir. O que acho que vale a pena partilhar.

Um Pouco de Nada

O que penso. O que vejo. O que me faz sorrir. O que acho que vale a pena partilhar.

15
Ago16

Trump vs Hillary - Poderá um produto de marketing vencer uma real candidata?

#RapazSecreto

 

É um dos assuntos do momento... E dos meses que antecederam... E dos meses que se seguem. Aliás, sou capaz de apostar que a polémica em torno deste confronto vai continuar, até porque é através da polémica que Donald Trump tem construído o seu percurso e, por incrível que pareça, tem vingado.

 

Não me entendam mal e não me julguem, mas eu admiro o homem, ainda que discordando dos ideais e da sua política que me remetem para a época do desconhecimento e preconceito. Na realidade, admiro-o porque não o vejo como um candidato político à séria, mas antes como um produto de marketing que foi construído ao pormenor e ao mais ínfimo detalhe e que, atrevo-me a dizer, nem tem a intenção de ganhar. Não sei qual o seu objetivo, se a fama e a sede de atenção ou se, simplesmente, desestabilizar e mostrar que a forma de pensar das pessoas estagnou no tempo. Mais, é incrível como o "politicamente incorreto" pode assumir um peso tão forte e gerar um reflexo daquilo que milhares de pessoas por esse mundo fora pensam.

 

Hillary Clinton será, acredito eu, a próxima presidente dos Estados Unidos da América. A primeira mulher a assumir o cargo e, por isso, carregará uma responsabilidade sem precedentes - se ela falhar, aos olhos de muitos, isso quer dizer que as mulheres não estão preparadas para assumir grandes cargos... Falso, mas nem todos estão preparados para ver as mulheres liderar uma nação, como se fossem menores que os homens, como se o sexo ou género ditassem o talento e capacidade de alguém.

 

Uma coisa é certa: ambos geram amores e ódios.

 

Ambos estão na corrida e, por isso, ambos são possíveis vencedores.

 

Se Hillary vencer, vencem as mulheres, a igualdade de género e perceberemos que a América evoluiu.

 

Se Trump vencer, vence também o ódio, a separação dos povos e culturas, vencerão os que acreditam que a vida de um sírio vale menos que a vida de um americano, vencerão os que acreditam que o terrorismo se combate de fora para dentro, os que acreditam que um muçulmano é um terrorista e um terrorista é um muçulmano.

 

Jamais o ódio vencerá o terrorismo, porque igual não destrói igual.

 

E vocês, quem pensam que será o próximo presidente da América?

4 comentários

Comentar post

Mais sobre mim

foto do autor

Sigam-me

Blogs Portugal

Estatísticas

Arquivo

  1. 2017
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  14. 2016
  15. J
  16. F
  17. M
  18. A
  19. M
  20. J
  21. J
  22. A
  23. S
  24. O
  25. N
  26. D
  27. 2015
  28. J
  29. F
  30. M
  31. A
  32. M
  33. J
  34. J
  35. A
  36. S
  37. O
  38. N
  39. D
  40. 2014
  41. J
  42. F
  43. M
  44. A
  45. M
  46. J
  47. J
  48. A
  49. S
  50. O
  51. N
  52. D