Saltar para: Posts [1], Pesquisa [2]

Um Pouco de Nada

O que penso. O que vejo. O que me faz sorrir. O que acho que vale a pena partilhar.

Um Pouco de Nada

O que penso. O que vejo. O que me faz sorrir. O que acho que vale a pena partilhar.

10
Jul17

Perdemo-nos

#RapazSecreto
Não sei onde nem como. Só sei que nos perdemos... 

Imaginei toda a minha vida rodeado de vós. 
Imaginei as vossas vidas sendo parte delas. 
Imaginei as conquistas de cada um.
Imaginei os jantares e as festas que tínhamos pela frente. 
Imaginei tudo o que tinha a certeza que iríamos viver. 

Bolas, tínhamos sobrevivido ao secundário e ao primeiro ano de faculdade, como seria possível afastarmo-nos? 

 Imagem retirada deste site.

 
Não sei exatamente onde ou quando. 
Qual foi o momento decisivo, aquele em que eu deixei de lutar por vocês e vocês por mim?
Qual foi o momento em que eu passei a sentir que já nem na rua valia a pena cumprimentar-vos, optando antes por fingir que não vos via?
Qual foi o segundo exato em que vos perdi? 

Talvez soubesse, inconscientemente, há já muito tempo, que havíamos fracassado. 
Talvez, só tenha demorado a juntar os pontos e perceber o que não queria. 
Uma amizade não se alimenta quando só existe uma das partes a procurar manter o contacto. 

Eu desisti quando me diziam estar tudo bem, quando eu sabia que não estava. 
Eu desisti quando percebi que já tinham desistido de mim.
Eu desisti quando percebi que já vos tinha perdido. 
 
Talvez não haja culpados e, em algum momento, nem haverá mágoa...
 
E, um dia, quando me perguntarem o porquê de já não falarmos, serei capaz de responder sem dor:

Perdemo-nos. 
09
Jul17

Estou vivo!

#RapazSecreto

Há cerca de 4 meses que não faço qualquer publicação neste blogue e há mais de 2 meses que tenho pronto o meu artigo de despedida e de (des)fecho desta página. 

 
Contudo, tenho protelado esta decisão pelo receio de terminar um "projeto" que posso, mais tarde, sentir não ter aproveitado tanto quanto gostaria. 
 
Os últimos meses não foram fáceis. Nunca são. Para ninguém, creio.
 
No meu caso, em menos de um mês, apanhei duas boleias do INEM até à urgência do hospital e sofri emocional e fisicamente com uma série de diferentes situações. 
 

 Imagem retirada deste site.

 
Ainda assim, concluí o meu segundo ano de faculdade, tive boas notas e sinto que o esforço foi recompensado. Para além disso, tenho lutado por me reencontrar e voltar a encontrar o meu caminho, aquele que perdi há alguns anos.
 
Agora, de férias, decidi procurar atualizar o blogue, pelo menos, até Setembro e, nessa altura, decidir se faz ou não sentido mantê-lo. 
 
Àqueles que, apesar da ausência, fizeram questão de comentar e de seguir este meu cantinho, o meu sincero obrigado. 

Vamos ao trabalho, porque um blogue não se atualiza sozinho! 
 
#RapazSecreto
 
03
Fev17

Sonhos que são pesadelos

#RapazSecreto

 Imagem retirada deste site.

 

Não sei quanto a vocês, mas no que me diz respeito, às vezes, mais vale um bom pesadelo do que um grande sonho.


Nunca ninguém me perguntou o que é pior em ter uma doença muscular incapacitante, mas o pior é sonhar.

 

Já não tinha um sonho destes há algum tempo, mas na noite passada voltou em cheio. Voltei a sonhar que estava a subir escadas sem dificuldade, ou a correr novamente ou simplesmente a levantar-me de uma cadeira sem qualquer estratégia manhosa digna de um prémio de criatividade.


Nesses sonhos, lembro-me de sonhar com a felicidade que isso representava para mim, lembro-me de sentir o alívio sobre os meus ombros, a certeza de que era o início de uma recuperação esperada e desejada...


O problema é acordar e voltar à realidade, porque nada mudou.


O pesadelo é ter que me confrontar novamente com as dificuldades, tendo tão presente a alegria que senti num sonho que nunca quis ter.


E em cada um desses dias,


lá estou eu a tentar regular o humor que se avizinha fraco,
lá estou eu a resistir à tentação de me deixar definhar lentamente e sem qualquer resistência,
lá estou eu a levantar-me da cama esperando evitar outra queda e percebendo que será apenas um dia difícil igual a tantos outros.

 

E quanto a vocês, há sonhos ou pesadelos recorrentes que queiram partilhar?

 

#RapazSecreto

30
Jan17

Finalmente... Férias!

#RapazSecreto

 Imagem retirada deste site.

 

Sonhei, desejei, ambicionei e, finalmente, estou de férias.

 

Depois de ter pedido a vossa opinião em 1º desafio de 2017 - sobreviver aos exames sobre se deveria ou não ir subir as minhas duas notas mais baixas do ano passado, decidi que valia a pena tentar. Aliás, depois de desfrutar do meu primeiro dia de férias, a minha consciência falou mais alto e no dia seguinte já estudava para o primeiro exame de melhoria de nota.

 

No primeiro exame consegui subir um valor e a nota do segundo saberei dentro de dias... Independentemente disso, tentei! Sei que me recriminaria o resto da vida se não tentasse.

 

Contudo, por entre as últimas quatro semanas intensas de exames, deixei o blogue sem atualizações e falhei assim um dos meus objetivos de 2017 - manter o blogue atualizado regularmente.

Agora que terei mais tempo, comprometo-me (comigo mesmo, principalmente) a atualizar o blogue e a voltar a acompanhar todos os blogues que sigo habitualmente.

 

E para os que amanhã vão acordar cedo porque têm que trabalhar ou estudar... Fiquem a saber que eu vou ficar a dormir até às 11 horas!

 

#RapazSecreto

14
Jan17

Pela primeira vez nos "Destaques" do Sapo Blogs

#RapazSecreto

Screenshot_2017-01-11-23-55-29.png

 

Que eu saiba, nunca antes tinha acontecido. O meu último post (Estou oficialmente nos 20!) foi destacado pela equipa do Sapo Blogs, para minha surpresa e felicidade. Confesso que, quando vi, tive que atualizar a página algumas vezes e beliscar-me para conseguir acreditar!

 

Por si só, nunca foi um objetivo ter um publicação nos "Destaques", mas vejo-o como uma feliz consequência da procura incessante em ser tão transparente quanto posso em cada palavra que aqui escrevo. Esta foi uma bela forma de entrar nos 20!

 

Se tudo isto não chegasse, as visitas do blog dispararam e o post destacado foi o mais comentando de sempre.

 

A todos os novos visitantes (caso pretendam voltar) sejam bem-vindos, mas já sabem que por aqui só há "um pouco de nada" e sinceridade em tudo!

 

#RapazSecreto

11
Jan17

Estou oficialmente nos 20!

#RapazSecreto

 Imagem retirada deste site.

 

Completei ontem 20 anos.


Não sei como é possível o tempo ter passado tão rápido, mas passou.


Há dois anos, acreditava que nunca seria possível completar 20 anos, depois de receber um diagnóstico que mudou severamente a minha vida.


No ano passado, estava perdido e sem rumo, sem vontade de celebrar ou festejar o que quer fosse. Sentia, pouco a pouco, a vida a escapar-me por entre os dedos… Estava desiludido.


Este ano, sei que sou uma pessoa diferente. Diferente daquilo que alguma vez fui, para o bem e para o mal. Cresci, amadureci, adquiri uma perspetiva totalmente diferente da vida, deixei para trás todos os que não souberam ou quiseram acompanhar-me naquela que tem sido a maior aventura da minha vida e fui reaprendendo a viver.


Ainda me falta muito, ainda estou muito longe… Mas mais perto do que alguma vez estive de ser verdadeiramente feliz.


O melhor destes dias é receber o carinho dos nossos, dos que fazem verdadeiramente parte da nossa vida, mas também de alguns que já deixaram de ser “nossos”, mas fizeram parte da nossa história e percurso.


Estou nos vinte e ansioso por descobrir o que eles me reservam!


Acompanhem-me nesta nova jornada que agora começa…

 

#RapazSecreto

07
Jan17

O meu primeiro (e espero que último) acidente de carro

#RapazSecreto

 Imagem retirada deste site.

 

Seria uma noite como as outras, uma viagem como as outras. Estava tudo absolutamente normal e, por estranho que pareça, tinha um pressentimento de que alguma coisa menos boa ia acontecer.

 

Não foi nada do outro mundo. Aliás, foi maior o susto e o nervosismo do que o incidente em si. Não houve feridos e os carros saíram praticamente ilesos e eu nem era o condutor.

 

O pior de tudo é a sensação de que se vai bater, de que o carro não está a parar tão rápido quanto devia, de que estamos próximos cedo demais. É esperar pelo momento do embate, uma fração de segundos em que tudo e nada parece acontecer.

 

É a certeza de que se vai bater e não se saber o que vai acontecer a seguir...

 

Resta gerir as emoções, agradecer o facto de que podia ter sido tudo tão mais grave e, felizmente, não foi.

 

Está tudo bem.


Estamos todos bem.

 

E hoje será um dia normal como todos os outros...

02
Jan17

1º desafio de 2017 - sobreviver aos exames

#RapazSecreto

"Ano novo, vida nova" é o lema que se defende a cada passagem de ano, mas há coisas que não mudam...

 

Imagem retirada deste site.

 

 

Janeiro é sinónimo de exames para a maior parte dos estudantes universitários e eu não sou exceção. As minhas duas semanas de "férias" foram passadas com afazeres académicos - trabalhos, exames, resumos, divulgação de notas... Ou seja, eu nem dei conta que estive de férias.

 

Durante as três primeiras semanas de janeiro, cabe-me fazer face a quatro exames e só terei férias se não quiser subir notas (deste primeiro semestre ou do primeiro ano de faculdade).

 

É assim que surge o dilema - opto por uns dias de férias para recuperar energia para o segundo semestre ou subo as minhas notas mais fraquitas?

 

Sugestões são bem-vindas!

 

31
Dez16

Obrigado 2016, mas agora vamos com tudo rumo a 2017

#RapazSecreto

 Imagem retirada deste site.

 

Hoje, a poucas horas de saudarmos e celebrarmos o ano de 2017, recordo a minha trajetória ao longo do ano de 2016 que se encontra prestes a findar.


Gosto sempre de recordar alguns momentos, os bons e os maus, vendo-os sempre, e acima de tudo, como um momento de aprendizagem e superação.


2016 foi um ano de deixar muitas pessoas e amizades para trás, percebendo que não podemos evoluir e crescer se nos mantivermos presos àquilo que foi, um dia, a nossa felicidade. É sempre difícil dizer "adeus", mesmo nas entrelinhas de uma conversa que nós sabemos ser a última. Não se pode investir em quem já não investe em nós...

 

Que 2017 traga novas pessoas e relações e que as que sobreviveram a um ano difícil se tornem ainda mais fortes!


2016 foi um ano de superação e desafio, quer a nível académico quer pessoal. Para além de ter concluído o meu primeiro ano de faculdade sem deixar nenhuma cadeira por fazer, consegui boas notas e aprendi que sou capaz de alcançar tudo aquilo a que me propuser, com trabalho, esforço e dedicação.

 

Que 2017 me reserve mais aprendizagens e conhecimentos, boas notas e sucesso académico!


2016 foi também um ano de aceitação, de fé (mais do que em qualquer Deus, em mim e na vida) e no meio de todas as indecisões, medos, receios, dias tristes e semanas difíceis, períodos conturbados e de debilidade em termos de saúde, está ultrapassado.

 

Que em 2017 prevaleça a tranquilidade, a confiança, a fé e a felicidade!


2016 foi ano de regressar à blogosfera, retirando um pouco do meu tempo para escrever o que me corre na alma e muitos não sabem, o que sinto e muitos não notam e, mais que tudo o resto, poder conhecer um pouquinho daquilo que pessoas incríveis partilham nos seus blogues.

 

Que em 2017 consiga ter mais tempo para me dedicar a este blogue e acompanhar os bloggers que tanto partilham nesta comunidade!


Não tenho ideia do que 2017 me reserva, mas sei dos meus sonhos e dos meus objetivos. Quero continuar a investir em mim, quero boas notas, quero pessoas que me acrescentem algo e aceitem como sou, quero saúde, quero força, quero a minha família ao meu lado.

 

Os últimos dias de 2016 têm sido de evolução e superação, de felicidade e tranquilidade - que assim seja 2017!


Por fim, com a frase mais cliché do mundo, mas que me dá alento nesta altura:

 

Um novo ano equivale a 365 oportunidades de sermos felizes.

 

Um bom ano para todos, recheado de sonhos, saúde e amor!

 

Sejam felizes!

30
Dez16

Esqueci(-te)

#RapazSecreto

 Imagem retirada deste site.

 

Esqueci o teu sorriso e gargalhada.
Esqueci as razões por que te amei.
Esqueci os momentos em que acreditei na ínfima hipótese de que podia resultar.
Esqueci.


Ou não, talvez não tenha esquecido nada.


Continuo a lembrar-me de tudo, mas já não há dor, nem mágoa.

Restam recordações que já não acentuam a ferida de um amor não correspondido.

 

Estou sarado.
Estou concertado.
Estou de coração renovado, sem medos nem tristezas.


Deixei-te ir, depois de tantos meses e anos preso a algo que nunca poderia existir.

Amei-te, possivelmente, mais do que alguma vez alguém te amará.
Amei-te tantas horas e dias e meses e anos.


Enfim, amei-te e esqueci-te e, finalmente, voltei a amar-me de coração inteiro.

Mais sobre mim

foto do autor

Sigam-me

Blogs Portugal

Estatísticas

Arquivo

  1. 2017
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  14. 2016
  15. J
  16. F
  17. M
  18. A
  19. M
  20. J
  21. J
  22. A
  23. S
  24. O
  25. N
  26. D
  27. 2015
  28. J
  29. F
  30. M
  31. A
  32. M
  33. J
  34. J
  35. A
  36. S
  37. O
  38. N
  39. D
  40. 2014
  41. J
  42. F
  43. M
  44. A
  45. M
  46. J
  47. J
  48. A
  49. S
  50. O
  51. N
  52. D